1.12.12


Lembro-me perfeitamente que das coisas que mais te entristecia era o facto de eu nunca te ter escrito. Um texto com todo o meu amor, uma carta nem tampouco um bilhete. E eu tinha muito para dizer, muito para contar: desde o dia em que nós conhecemos até ao última dia, aquele que ficará sempre gravado nas nossas memórias como um ilusório fim. Chamo-lhe ilusório porque foi contigo que deixei de ter medo de amar demais e de dizer adeus. Tu eras meu, sabias como ninguém ser o prolongamento de mim e dos meus dias e fundir todos os meus sentimentos negativos. Agarrei-me a ti como se não soubesse nadar: não só eras o meu salva vidas mas também a minha vida, entendes? Perder-me era perder-te e perder-te era perder-me. Encontrei em ti tudo o que precisava para saborear a vida e tu, incrivelmente, levaste-me até ao eclipse do mundo.
 E a razão pela qual nunca te escrevi é esta: não queria que fosses mais um. A todos os que me partiram o coração escrevi cartas de revolta que ainda hoje estão guardadas no fio da minha memória, escrevi bilhetes a dizer o quanto os amava, mas a ti não... Porque nunca esperei que entre nós houvesse fim e porque não te queria comparar nem fazer a mesma história contigo, embora sempre sentisse que eras diferente - e és! Mas hoje foi o dia. Escrevi-te. És igual aos outros. 

13 comentários:

humana inconsciente disse...

a quem o dizes... obrigada! adorei o texto, mau é quando nos prendemos a alguém e não sentimos essa pessoa connosco, não é?

Evelyn Spark disse...

sinto muito querida... mas ha pessoas que apenas nao estao destinadas

humana inconsciente disse...

exactamente (:

DanielaFilipa disse...

E eu também já tinha saudades do teu <3
Obrigada pelo comentário, e pelas palavras de força!
Quanto ao teu post, como diz lá no comentário em cima "ha pessoas que apenas nao estao destinadas" e é a realidade, também se passou o mesmo comigo como podeste ver no meu post :s
força fofinha

carina vale disse...

pois é :/ ter saudade é triste :c

Aurora disse...

Escreveste de uma forma fantástica. Tu és fantástica <3

carina vale disse...

sei como te sentes... está lindo, gostei muito. a vida continua, força*

DanielaFilipa disse...

claro que sim

márcia ^^ disse...

óh, obrigada querida <3

márcia ^^ disse...

óh, obrigada querida <3

ana cristina disse...

Infelizmente é sempre assim. Quando está tudo muito bem, cai sempre alguma coisa de má para nos atormentar. Tinha saudades de te ler

claire disse...

oh como é bom ouvir isso vindo de ti que escreves tão mas tão bem. eu adoro sempre tudo o que nos deixas aqui, e isto não é excepção

Adriana disse...

é bom identificar-me com textos que leio, e é bom saberes isso, pois foi um deles! Isto para que, assim, continues a escrever.. boa sorte:)