25.11.11

cartas de bolso IV


Meu eterno,
cheguei a uma fase na minha vida em que vejo que a única coisa que fiz até agora foi fugir, fugir de mim mesma, do meu nada. Nem sei mais para onde ir, que caminho escolher. Fui péssima em tudo. Vivem perguntando-me o que vi em ti, respondo : não sei, só sei que vi. Sinceramente, é das coisas que mais me atormenta. Na verdade, poderia ter sido outro, não é? Uma pessoa do meu trabalho, um amigo de infância, uma criatura inocente... Num colapso nos torná-mos amigos, num colapso amantes e de repente sozinhos. Foi tudo tão de repente que parece que nem aconteceu, que a própria escuridão omitiu as sombras. Ah mas sei lá! Porquê eu ? Eu sinto, sabes? Mesmo que eu tente esconder tudo o que vai dentro de mim, mesmo que disfarce a saudade e a dor. A minha mãe sempre disse que eu sentia tudo demais. Talvez seja esse o problema, e é por isso que as coisas doem tanto.
Às vezes faço planos, viajar para um lugar distante daqui, sentir de novo a fadiga de um agitado amor, ser feliz. Mas a saudade impede-me de ir. Sabes, ela é traiçoeira e a pior doença : mata devagar, muito devagar.
Há duas coisas que tens de escolher sempre na vida : amor ou amizade. Os dois juntos não servem. Por vezes, superam pouco tempo. Mas só na altura em que o egoísmo ainda não foi descoberto. Mas logo depois ele aparece, dá as boas vindas e aí ou te seguras no barco ou caís ao mar. Tão simples quanto isto ! Aconselho-te de coração a passares por isto de olhos fechados. Quem sabe quando abris-los não encontres uma mão amiga, alguém para te ajudar, chorar contigo a tempestade e, se calhar, juntar amar com remar.

Da tua sempre,
Rute

22 comentários:

carina disse...

obrigada querida. perfeita é a tua escrita!

carina disse...

e, é bom:)

claire disse...

como sempre,está qualquer coisa de perfeito

filipa disse...

de nada minha querida, e adoro mesmo esta musica

NaaGuerreiro disse...

Lindo, adorei ;)

claudiagomes. disse...

sempre com a escrita perfeita. Não comentas, porquê?

angie disse...

Oh linda Rute, muito obrigada!

addy disse...

escreves tao bem! possa emociono me a ler *-* adoro a musica *

Sara'Gonçalves♥ disse...

Lindo *.*
Realmente de uma amizade a um amor vai um pequeno passo... e os dois juntos raramente funcionam...
Força*

Filipa disse...

obrigada :) adoro tanto

claire disse...

tens uma escrita fantástica,sempre!

ana jesus disse...

está lindo, juro!*

alexandrapinto. disse...

diz mesmo, a imagem é perfeita. e caracteriza mesmo aquilo que estou a passar neste momento!

Aurora disse...

oh amor continua com isto que adoro muito <3

Amêndoa disse...

perfeito é este texto! e todos os outros!

Zezé disse...

tu escreves muito, muito tocantemente

marta disse...

adorei pequenina :)

diz-me o nome desta música lindaaaaaaaaaaaa, please (a)

Francisca Cid disse...

Olá! se recebeste esta mensagem é porque foste um doce seguidor do blogue "Vou Contar-te Um Segredo", agora foi eliminado, mas agradecia que entrasses no novo blogue que está no perfil para leres uma carta importante. Obrigada e muitos beijinhos.

disse...

adoro

Joana' disse...

lindissimo rute, como sempre :)

Patricia Laranjeira disse...

adoro o modo como escreves e adoro o blog, vou seguir*

α ♥ disse...

gostei *.* , escreves mesmo bem !
vou seguir :) , se quiseres passa pelo meu blog .