6.12.10

The first of the first - 4ªParte

A vida dele estava um completo caus. As notas tinham descido e a falta de educação para com os outros aumentado. Já não jogava futebol, que era uma das suas grandes paixões. Resumindo... perdeu o interesse de tudo. 
Finalmente quando recebeu a carta entrou em êxtase e parou no meio da rua. Era fim de tarde, 6:00 horas. Sentou - se numas escadas que davam para um prédio na grande avenida. Começou a ler com o coração nas mãos e tentando manter a calma. Leu devagar para conseguir intrepertar e encaixar aquilo tudo direito. Acabou de ler a carta dizendo em voz alta o que ela escrevera : eu amo - te. Levantou  - se num salto e correu no meio da rua, atropelando as pessoas que iam a passar, por mero acaso. Chegou a casa, quis e sentiu necessidade de lhe responder.
"Volta ! Eu preciso de ti aqui mais do que ninguém. Eu estou tão diferente, tão oco. Sinto - me a dissolver a cada dia que passa e a minha esperança começa a escassear, novamente. Sou um adolescente que precisa da sua outra metade. Neste tempo nada conta, eu não quero ser diferente, nem o melhor, nem o primeiro. Pelo menos para os outros não, mas para ti quero ser somente a outra metade. Isso basta para sorrir, e só preciso disso. Quando é que isto tudo vai mudar, R.? Quando ? A mudança demora tanto tempo para ser completa, e eu já não aguento nem mais um dia. Vou ter de encher os pulmões, respirar bem fundo e tentar aguentar - me. 
Sabes... és um orgulho para mim. Além de caíres, magoares - te pelo caminho e também ferires alguém, tu continuaste. Arranjaste forças para lutar pelo que querias, e no fim de tudo isso deixa - me feliz. Não desististe dos teus sonhos. Pediste - me desculpa da primeira vez. Eu não consigo perdoar, porque sou fraco. E os fracos condenam, julgam e ferem. Mas os fortes, tal como tu, têm a delicadeza de perdoar e ouvir. Eu não tenho, desculpa. 
Vem aí o Natal, a tua altura preferida. Vou guardar aqueles dois anos que passamos juntos com delicadeza e doçura e vou deixar este passar. Não com amargura, mas somente com tristeza. Porque não te guardo rancor, só saudade. Saudade daquela que foi, e provavelmente nunca mais volta. Pensa em mim, assim como eu penso em ti. J'taime."
Escusado será dizer que... mais uma vez a tristeza o bombardeou de uma forma dura e revoltante... e ele caiu novamente na cama, enquanto o seu coração, de uma forma algo contraditória, era sucumbido. A mudança acontece sempre, mas dura muito tempo, e durante esse período de tempo é preciso ter esperança. Muita esperança.
Inventado

80 comentários:

Jú S disse...

Estou a ficar viciada nesta história :o
já estou curiosa para saber o que vem a seguir :)

Jú S disse...

Oh, obrigada querida :')
E não tens que agradecer * pois xD

danó disse...

Ai estes teus textos <3

Rita Gomes disse...

de nada querida :)
wow, amei o texto, lindo memso *-*

Mariana disse...

eu quero um final feliz onde ela volta para ele, depois de ter reflectido mil e uma vezes!
estás a ficar tão bonito.

Ana Rita disse...

lindo *.*
eles têm que ficar juntos!

Tânia Monteiro. disse...

nem digas isso que é pecado :O
tu escreves maravilhosamente bem

danó disse...

óhhh, obrigada amor ♥
ainda bem que gostas :')

Jú S disse...

Oh, tonta :)

Ruben Lopes disse...

Mais uma história inventada (;

Ruben Lopes disse...

És a Zé inventas xD
Continua Rute (:

Suzy Guerreiro disse...

está lindo *-* vou seguir-te *o*

mafalda fernandes ♥ disse...

:)

danó disse...

óhhh +.+

Tânia Monteiro. disse...

Eu não estou a gozar querida :#

Suzy Guerreiro disse...

obrigada querida assim que conseguir venho busca-lo (: passa na minha página dos selos que deixei-te lá um selo prêmio *-* ( é o ultimo)

Devaneios de uma vida disse...

Obrigada querida :)

Sue disse...

tens uma imaginação *.* . linda
está mesmo gira _3

Diana disse...

também amor *

Cátiia Bandeira disse...

lindo ! :)

Ruben Lopes disse...

é :b
Eu sou assim x)

anacarina. disse...

sim , vocês têm razão (...)
está tão lindo , o teu o:
* esperança , muita !

Diana disse...

agradeço imenso meu amor

anacarina. disse...

claro , sempre !
força minha querida (:

- FranciscaCid disse...

Obrigadaa
Eu adoro tanto isto, ahah, dava mesmo para um livro, eu é que sei :D

ana moura disse...

vais continuar a escrever esta história? adorei :)

Maggs disse...

obrigada querida :)

- FranciscaCid disse...

Tem sim :(

ana moura disse...

vou esperar para ler :)

ana moura disse...

oh está sim. gostei muito <3

Tânia Monteiro. disse...

eu não acho :b

Diana disse...

oh tu és uma querida amor

Tânia Monteiro. disse...

E eu inclui-te nessa secção :D

- joanarocha disse...

que lindo !

Silvia Santiago. disse...

adoreii, amei este texto.. cada vez, gosto mais de ler os teus post, acerio.. escreves muito bem!
e obrigada por comentares o meu blog.. :D, é bom saber que gostas-te!
beijinhos :*

T e l m a * disse...

Espero que fiquem juntos *-*
Esta lindo Rute!

Silvia Santiago. disse...

de nada minha querida, as minhas palavras sao sempre sinceras, e verdadeiras, e eu gosto muito de dizer. *.*

Nina disse...

Super hiper mega máximo lindooo!

Amei o post!

Ah! Comecei a participar de mais um concurso no blog Bombastic. Por favor, poderiam votar no blog Doce meio Amargo? Obrigada
http://blogbombaastic.blogspot.com/

Tânia Monteiro. disse...

sim, claro que é a sério :)
és uma optima escritora

PauloMitchell disse...

« Escusado será dizer que... » amei o teu texto pois sabes que é realmente isso!

Amo, amo! <3

Tânia Monteiro. disse...

sou nada linda :P

T e l m a * disse...

Oh *-* Obrigada eu querida (:

● mf ● disse...

;)
esta demais .
loveyou !

joey disse...

sabes bem o que achei do texto: LINDOOOO

ana cristina disse...

se eu estou a adorar esta historia, nem quero pensar no livro *-*

Sara disse...

:)lindo, lindo!*

Tânia Monteiro. disse...

obrigada minha querida Ruute «3
gosto muito de ti

adriana. disse...

sim meu bem!
oh nada disso :$

Tânia Monteiro. disse...

não sou muito corajosa não querida

adriana. disse...

não quero agradecimentos princesa :)

PauloMitchell disse...

Porque dizes isso Rute?

ana cristina disse...

estou a falar a serio amor :O

Cat disse...

WOW, adorei!
Muito geito : d

mariana silva. disse...

que querida!
Obrigada, é o meu 1º selo $:

inês disse...

vais continuar a história amor?
TÁ LINDOOO *.*

inês disse...

este é o ultimo!? :o

Tânia Monteiro. disse...

ohhh :$

Vává disse...

obrigada querida *.*
estava mesmo agora a ler o teu post , está lindo !

Vává disse...

de nada linda :D

SP disse...

Obrigada :)
Estou a adorar :)

Vanessa disse...

Obrigada :)
Também gostei *

ana disse...

ohm, obrigado :') eu estou viciada nesta história!

Andrea Soares disse...

Não me canso de dizer: PERFEITO RUTE!
OBRIGADA :)

Marie disse...

uuou :o lindo lindo

alexandrapinto disse...

Desculpa, confesso que não li!
Mas obrigada pelo comentário! Beijinhos

Carla disse...

Obrigada querida. :)

Isabel disse...

Está lindo, lindo *.*
E obrigada.

onegirl disse...

ah, que lindo ! *-*
quero mais (:

yasmim disse...

muito obrigada meu amor ♥
epáaa, q lindo . escreves tão bem amor *.*

fabiana s disse...

às vezes a saudades absorve todas as nossas energias. lindo*

Bocados de um quotidiano a 1001 cores disse...

sou forte em certas circunstâncias :)

Amêndoa disse...

olha que há quem não saiba... há mesmo...

sandra disse...

é preciso mais destas histórias saídas da imaginação na blogosfera!

Catarina Bessa disse...

Obrigada por tudo meu amor <3
ESTÁ LINDO!

JoanaSantos disse...

Awr, muito obrigada *.*

ana cristina disse...

tudo o que amor? :s

nii disse...

wow , c'est magnifique :)
gostei ene do texto querida <3

Seek Happiness (I give up) ♥ disse...

Obrigada (:
Espero que esteja tudo bem entre vocês. Estoua adorar a história.

ana cristina disse...

aah sim, desculpa amor :$

Verónnica ઌ disse...

muito obrigado minha querida :D