4.12.10

The first of the first - 3ªParte

Cheguei a casa e fui rapidamente responder - te. Armei - me em forte, sequei as lágrimas que escorreram durante o caminho todo e iniciei com uma breve frase.
" Há perguntas que não se fazem porque simplesmente não há resposta. Não queria que nada fosse assim e muito menos causar - te essa dor toda que, de uma forma indirecta, me mostras. Temos caminhos diferentes a seguir mas não é por isso que vamos deixar de nos falar. Quero - me convencer, por fim, que a distância não vence o amor quando este é grande. Já sabes que se o nosso não vencer, foi porque não era em demasia. E eu sei que não vai superar, tenho tanta noção disso e ao mesmo tempo medo. Mas o que é que eu estou para aqui a dizer ? Eu estou - me a armar em forte, tentei ignorar o que o coração me dizia e agir por orgulho. Mas olha... a voz ficou tão mas tão forte que eu preciso de ti e vai ficar escrito aqui e agora que eu amo - te. Não há razões para eu fazer isto, e por isso mesmo é que se chama amor. Ele nunca tem razões, mas sim a razão. 
Não, não sei o que estou a fazer... a principio pensava que sabia e que ia aguentar, mas não aguento, cada vez menos. Sinto - me a desvanecer e os meus sentidos a virarem ao contrario. Se ao menos estivesses aqui a segurar - me a mão como fazias de todas as vezes e a aconselhar - me o melhor. Não tenho nada, afastei - me de toda a gente, e até podem - me acusar de pensar só em mim e ser orgulhosa. Dói saber isso, mas eu sei que têm razão. Deixei - vos a todos, e agora estou sozinha. Já não existem dias felizes e com cor no meu dia-a-dia. Agora eles se tornaram silenciosos e frios. Mas eu sei que há sempre uma forma de fazer o que realmente se quer, e eu quero muito o passado. Mas também sei que se não aguentar agora, nunca mais conseguirei. Tenho curiosidade no futuro e no que ele guarda para mim, juro - te que sim. Nunca ninguém se fica pelo primeiro amor da sua vida, e também tenho medo disso porque foste o primeiro, meu amor. O primeiro ! 
Aguenta - te, eu estou sempre contigo. Quero - te feliz, porque com isso eu tenho sempre alguma razão para sorrir. Acredita que amar é uma palavra que eu raramente uso, mas desta vez vou ter de dizer mesmo. Eu amo - te ! "
E agora ? Agora vou - te mandar isto e vou novamente esperar, ficar ansiosa e não dormir. Porque estou preocupada, porque estou nervosa e sozinha. Mas eu sabia que a partir do momento que me afastei iria conhecer o inferno, a dor e o desespero.
Inventado 

77 comentários:

inês disse...

ameiii :o
quero o resto!

inês disse...

não cansas toto.
novidades? amigos coloridos $:

Tânia Monteiro. disse...

gosto gosto gosto :)

inês disse...

é oh, mas (ainda) não voltámos :p

inês disse...

quem sabe..
mas acho que sim

bea disse...

obrigada mesmo *
também acho que não te sigo, vou seguir :)

mariana silva. disse...

amei ! *o*
- segui (:

bea disse...

leva o meu selo se quiseres *

inês disse...

gostas amor? $:
ninguem gosta

inês disse...

mesmo? opaaa, ele faz-me TANTA falta :/

Tânia Monteiro. disse...

cada vez escreves melhor

Sara Martins disse...

oh fofinha. está a ser demais este texto * <3

bea disse...

sim, obrigada. quando puder vou posta-lo :]

Sara Martins disse...

eu não acho, tenho a certeza. <3

inês disse...

aiiii :$

Tânia Monteiro. disse...

ai eu não me cansoo
adoro ler o que escreves *.*

Jú S disse...

Cada vez melhor!

Jú S disse...

Oh, muito obrigada pelo selo :)

anacarina. disse...

não tens que agradecer rute *-*

mariana silva. disse...

Obrigada (:

ana cristina disse...

oiin :$ obrigado, a serio meu amor!
quando tiveres mais novidades quero saber e a continuação tambem! ainda dizes tu que a imaginaçao faltava-te se fizesses um livro -.- ai ai

Patrícia S. disse...

entendes? :)

danó disse...

adorei a continuação amor (:

ahah, a minha avó é demais, possa xD

Patrícia S. disse...

acredito :s

danó disse...

ahaha (:

ana cristina disse...

então minha querida, apressa-te que eu estou desejosa de o ler *.*

ana cristina disse...

achas que as pessoas se fartam da tua linda escrita? :O

Cátia Mourisca disse...

podes crer!

ana cristina disse...

sim isso é verdade :O

Vává disse...

obrigada linda (:

Cátia Mourisca disse...

eu não condeno ninguém, além disso até é engraçado. eu, que era pequena e vi. :D
é uma coisa normal e é óbvio que maioria deles todos já viram bah

Jú S disse...

O teu selo já está no meu cantinho :)

Cátia Mourisca disse...

podes ter a certeza que sim.
hoje em dia, nada é proibido. cada um faz o que bem entender.
:)

Tânia Monteiro. disse...

é verdade minha querida «3

Jú S disse...

Oh, ora essa, não precisas de agradecer querida, é mesmo o que eu penso :')

Tânia Monteiro. disse...

Tu escreves lindamente, querida :$
eu é que já não escrevo nada demais ..

Maggs disse...

e eu gosto muito deste post !

Jú S disse...

Oh, tu também és uma querida :)
E podes para de agradecer :bb

Cátia Mourisca disse...

pensa assim: é normal e acontece a todos e depois diz: - LOL!
;D

Daniela disse...

Gostei tanto *.*
Então a última frase é perfeita <3

- FranciscaCid disse...

Tens noção que a partir daqui fazes um alto livro, não tens?
Se não tens, devias.
Está fenomenal *.*

Sara Martins disse...

tu também meu amor!

Patrícia Lopes disse...

muito obrigada :)
o texto está lindo .. !
olha e já agora .. podias-me dizer como se chama a música do teu blog?
adorei.

Catarina disse...

também eu *.*

Catarina disse...

Ainda bem :$

Aniinhas disse...

gostei siim :3

Sue disse...

fico contente *.*

Ana Rita disse...

oh Rute, que lindo :)
Tens que continuar ~~

maria inês disse...

a sério? o quê? :o
que bom ter coisas em comum contigo <3

© color dream , disse...

oh my, que LINDO, lindo ,LINDO!
continua! :')

PauloMitchell disse...

Estou melhor de um lado e pior que o outro. Obrigado pela preocupação.

Amei $: Ainda vais continuar?

Devaneios de uma vida disse...

Amo os teus textos :)

Corina de Oliveira disse...

Amei o texto :) mas a actriz da foto nao gosto nada LOL n sei porquê, acho-a esquisita :x

Look by me disse...

Texto lindo.bj

onegirl disse...

esta história está cada vez melhor ! (:

mafalda fernandes ♥ disse...

eu tambem ja passei por isto , e custa custa e custa

JoanaSantos disse...

Obrigada querida :')
gostei do blog, vou seguir *.*

adriana. disse...

os teus textos têm sempre algo de maravilhoso princesa :o

Diana disse...

obrigada meu amor , como estas ?

andré disse...

eu prefiro nike

Joana disse...

de nada querida :$

Isabel disse...

Mais um texto lindo *.*

GF disse...

Amei.

DS disse...

obrigada

● mf ● disse...

amor ja adicionei (;
esta liiindo o;
ly .

Bocados de um quotidiano a 1001 cores disse...

vou-te ser sincera: eu vi-me no teu texto. O meu primeiro amor, o mais forte tinha no meio a distancia, mas nem isso fez com que as coisas que duraram 8 meses se destruíssem e foram 8 longos e lindos meses, apesar das circunstancias. O amor vence a distância mas existe uma certo limite em que sentimos uma extrema necessidade de ter aquela pessoa naquele dia, e depois essa pessoa não consegue e nós sofremos sozinhos, e esse momentos reflectem que se calhar não é aquele o nosso caminho e devemos mudar de sentido. Eu mudei, deixei a distância de parte e estou-me a "agarrar" a algo que está bem mais perto de mim..

yasmim disse...

adorei !

Sara. disse...

Lindo!

inês disse...

adoro-teeee oh coisa

Marta D'Almeida disse...

obrigada $:

sofiaszafman ♥ disse...

A seguir ;)

andreia r disse...

obrigada, rute linda (:
amei, amei.

Mariana disse...

eu acho que isto deve continuar, a sério *-*

joanabogalho disse...

ESTÁ LINDO MEUUU AMOR <3
quero a continuação *
(...) quando é que estás a pensar carregar o tlmv? tenho saudades tuas !

Rita Gomes disse...

selinho para ti no meu blog :)
na página "selos.", o último selo :)

Walk On The Moon disse...

Gostei.

Amêndoa disse...

é o amor :s