17.12.12

Depois de tanto tempo continuas a ser o único que faz disparar o meu coração de ansiedade mas também, o único, que em momentos de solidão e ausência o mata. Sei que não voltas, nunca mais, mas também sei que o que sinto por ti e o lugar que durante muito tempo ocupaste jamais alguém conseguirá. Fazes parte de mim e, mesmo que tu não admitas, eu sei que também faço parte de ti e o que vivemos foi único. Se assim não fosse, nada justificava o facto de ainda dizeres que fui quem mais amaste e a única que te marcou. Mas tu não voltas, independentemente de todas as minhas lutas por ti, tu nunca mais voltas...

15 comentários:

danieladias disse...

Mesmo que não volte, guarda os bons momentos. Porque, no fim de contas, a vida são apenas bons momentos :)

Pat disse...

obrigada querida!!

RitaValente disse...

É otimo saber que esse ar não vai faltar. O problema é quando não há certezas disso.

Claire disse...

Escreves de uma maneira tão linda +.+
Este é dos meus blog's preferidos, ''O dia em que te esqueci''? o titulo é como o do livro da margarida rebelo pinto. Eu li e amei

Claire disse...

Gostas-te? Eu também gostei muito mesmo :)
Eu já li o livro e vários dela, gosto dela.

Claire disse...

Ah eu sei qual é o livro novo dela, estive a dar uma olhadela na biblioteca, mas ela agora escreve um tipo de livros espécie cronicas, eu tenho 4 livros dela, e já li uns 5 ou 6.
Eu também já vi esse filme é muito bom.
Tem um que amei que se chama ''Coco antes de ser chanel'' aconcelho te

RitaValente disse...

Sei bem o que isso é... Vai sem aviso previo e o pior, é que volta quando quer e nós como precisamos desse "ar" para nos sentirmos vivas, deixamos que volte.

Claire disse...

A sério? ahahah
E gostas-te? eu amei

Je'ssica disse...

é bem verdade o que disseste :)

Claire disse...

Quando vires depois diz o que achas-te eu amei mesmo :)

Vanessa disse...

E custaaaaaa pa caraças!

Força querida

Aurora disse...

Tem força e cuida de ti, sei bem o que isto é também <3

Aurora disse...

Obrigada <3

Ana disse...

Isso é que é um grande problema :)

Ana disse...

De nada :)
Posso fazer-te uma pergunta?