29.6.11

a cor do amor

" O nosso coração é o elo mais forte e também o mais fraco que possuímos. Se por um lado supera uma grande dose de amor de uma vez, por outro é tão doce que a melhor forma de se proteger é não deixar que se aproximem dele. No fim, acaba sempre por ficar mágoa : uma grande solidão que entra de rompante na nossa vida, uma enorme tristeza que adormece claramente a chama da nossa felicidade, um grande desejo de ambição do que foi e, provavelmente, não volta. Acontece sempre quando um grande amor escorre-nos pelas mãos. Depois, segue-se o mesmo paradoxo : gritar, esperar, mandar cartas, exilar-se do Mundo em volta, fazer demasiadas questões ao nosso sub-consciente, tornamos-nos revoltados e vingativos. O tempo passa demasiado devagar, quando na verdade só queríamos que tudo acabasse, que apaziguassem o nosso coração e acalmassem a nossa alma. O pior, é quando chega essa altura e tu sentes saudades de tudo. Percebes, então, que a dor ficará sempre por muito que fujas e te arrecades. Para a dor não existe distância, demasiado longe ou complicado. É tudo fácil demais que, por vezes, até passa demasiado rápido por nós. Eles, que se atropelam uns aos outros para serem heróis de uma história perdida, que se comem desenfreadamente por terem um final, não sabem nem de metade do que a maioria de vocês sofre. É irónico, não é ?
A mágoa instala-se no nosso coração como uma doença, uma incurável doença diria. Causa danos irreparáveis que nem o tempo é capaz de mudar e, em meia dúzia de dias, és completamente diferente. A mudança ocorre quando existe demasiado cansaço, a pessoa está fora de si e tudo já não dói. Muda tudo, até a tua imagem ao espelho. Já não és a mesma mulher : airosa, decidida e sem medos. O teu rosto já pronuncia palpos nos olhos, a tua boca já sofre de algumas dormências e o teu cabelo já não parece um cacho de uvas em plena Primavera. Depois, vem sempre a mesma pergunta : "quem sou eu ?"
Sim, quem és tu ? Isso são tudo cicatrizes que nem os cremes mais eficazes retiram. São cicatrizes que habitam dentro de ti, no teu mais íntimo, no teu coração ! Estas, ficam sempre na alma para relembrar quem fomos, pelo que passamos e o que somos agora. Arrisco-me a dizer que são um grande reflexo de uma grande luta que o tempo e o amor nos deram.
Às vezes fingi-mos que está tudo bem e rimos-nos do nada como se fosse um calmante para tudo o que se está a passar. Tornamos-nos inúteis vistos aos nossos olhos... Contudo, sabemos que no fundo estamos a desistir. A desistir dos nossos sonhos, do desejo de ambição, da esperança de um dia a chama da felicidade se (re-)acender e de correr com o Mundo. 
Mas, nada disto é assim tão teórico. A prática é bem pior, pensa : a vida foge, os dias atropelam, os amigos passam a desconhecidos. E, arde no peito saber isto. Sentimos mil e um sentimentos, experimentámos das doses mais fortes e, ainda assim, a dor é a única que ainda dói e ainda te faz sentir vivo. É verdade que com o tempo remete-se a um silêncio perturbador, a uma dor mais silenciosa, a uma dor genuína ! Mas não, não se enganem em pensar que ela acabou. Torna-se, mesmo sem o desejarmos, a nossa companheira, uma fonte de recordações e, confesso que, é ela que nos faz ser fortes e acreditar sempre. 
Consome-te ao máximo mas invoca-te a maior força que poderás vir a adquirir. 
E então, a fúria que corre nas nossas veias de não termos quem amámos, a raiva de não existir a possibilidade de construir uma vida a dois, que até então existia, remete-se a expectantes da tua vida, marionetas a teu belo prazer, um fim de dor inacabado. 
É tudo possível quando conseguimos esquecer e sorrir, nem que seja um bocadinho, para o futuro. Voltas então, a ser a pessoa que toda a gente conhece, sobes palcos de triunfo e o mais importante de tudo, quando dás por ela percebes que tens mais expectadores desse paradoxo do que imaginaras, incluindo-te a ti. Com o tempo e a idade, também nos tornamos expectadores da nossa vida, do lado de fora, do lado de quem vê e não sente. 
Reconheces que cresces-te, és mais forte que outrora e a tua convicção de correr o Mundo torna-se um desejo que implica ser feliz. 
E, para finalizar, para ser feliz é preciso arriscar, chorar e ultrapassar das coisas mais duras.  Ser feliz, é também, saber dar e receber, construir uma união e uma forte amizade com a vida. 
Limpos agora os destroços, as feridas saradas, reencaminhadas as saudades e tudo aquilo que ficou por dizer, partimos em prol do que acreditámos. Talvez, mais tarde, um novo amor bata à porta, deixe as malas e fique. Traga de novo conforto à nossa casa que veste paredes vermelhas e, talvez seja além de um amor, um grande desafio que temos de correr."

99 comentários:

Bernardo disse...

Bom texto

RaquelSousa . disse...

- lindo, lindo, lindo *

JoanaSantos disse...

foi assim que aprendi, e foi assim que me tornei forte. Hoje nao me resigno a viver confinada aos dias de solidao e tristeza. Por tudo o que passei e por tudo o que aprendi, tornei-me determinada a ser feliz. E nada nem ninguém destruirá o que tu, eu ou outra pessoa conseguiu construir assim.
adorei amor, esta lindoooooo!
és uma excelente escritora @

carina, disse...

está mesmo lindo, perfeito arrisco-me a dizer

RaquelSousa . disse...

- de nada querida (:

Joana disse...

muito obrigada querida. adoro o texto, está lindooo! *

adriana disse...

adoro por completo!

• Cɢ disse...

está lindo, fdç.

ana moura disse...

já disse no msn que estava uma delicia, mas volto a dizer.
adorei princesa

ana pinto disse...

adorei :o

Elsa disse...

Ei amei !! *.*
ESTÁ TÃO LINDOO *.*

rita mafalda disse...

ohh, muito obrigada fofinha :b

Joana' disse...

tudo aquilo que escreves faz-me reflectir e guia-me mais um bocadinho Rute :) já viste a ajuda que me dás? Está LINDO! sem palavras (..)

Rute Maia disse...

tão, tão lindo!

p. disse...

Lindo*

Rute Maia disse...

ohn, muito obrigada, mesmo!

angélica disse...

obrigado minha querida <3

Joana disse...

não tens de agradecer :) *

Vanessa Gomes disse...

muito obrigada linda, o texto está tão lindo !

Esther disse...

obrigado ritinha:)

carina, disse...

thanks :)

PauloSilva disse...

«A prática é bem pior, pensa : a vida foge, os dias atropelam, os amigos passam a desconhecidos. E, arde no peito saber isto. Sentimos mil e um sentimentos, experimentámos das doses mais fortes e, ainda assim, a dor é a única que ainda dói e ainda te faz sentir vivo. » - A dor faz-nos sentir vivinhos da Silva!

Adoro *

joanarocha disse...

muito obrigada Rute. eu digo o mesmo <3

ana moura disse...

obrigada <3

joanarocha disse...

está lindo Rute, mesmo!

• Cɢ disse...

fdç, ó rute escreves mesmo bem.

marie françoise disse...

Oh que linda, obrigada.
Para o teu texto, sem comentários :D
PERFEITO

JoanaSantos disse...

oh minha princesa é tao bom saber que achas isso tudo de mim, e tao gratificante. mas fica sabendo que grande és tu, na tua personalidade e na tua escrita!

catr disse...

obrigada e eu adoro este, adoro adoro adoro!

• Cɢ disse...

não precisas da minha opinião, qqr texto teu é bom o suficiente!

ana disse...

ai, juro que na minha cabeça me imaginei mesmo a fazer aquilo. tenho fé que seja um dejá vu, é que era muito bem feita ahah

• Cɢ disse...

Não mesmo.

ana disse...

é que é mesmo. esta então.. pfuu.
este texto, como todos os outros, é claro que está lindooo!

• Cɢ disse...

e acredito princess.

• Cɢ disse...

muito tonta :c

-telmasofia disse...

Gostava mesmo de ganhar aquele colar *.*
Adorei o ultimo paragrafo de texto +.+
Beijiinhos

marie françoise disse...

Que lindaa <3

• Cɢ disse...

andas apaixonada, ahahah

marie françoise disse...

Eu é que sei!

-telmasofia disse...

De nada babe :D

Danii disse...

é mesmo $:
continuas a escrever lindamente :)

Danii disse...

realista, isso sim :) <3

Ché disse...

apaguei mesmo ... :O

há tempo que não vinha aqui !

Joana disse...

és uma querida *

Seek Happiness (I give up)❤ disse...

obrigada s:
a cada a dia que passa , os teus textos tornam-se mais sentidos . escreve um livroooo ! (:

marie françoise disse...

É verdade :c

Joo disse...

O amor vai voltar a bater à porta, definitivamente.
Sim, já li a colecção toda e adorei, devias ler :O

disse...

é dificil, mas tudo há-de acabar bem.

● mariliaqueiroz ● disse...

sbs q amo!
está completamente perfeito amor!

Sara Martins disse...

adoro meu amor

JoanaSantos disse...

só digo verdades meu anjo <3

Martinha disse...

Também adorei a frase. aliás, adorei todo o livro :)
Texto lindo*

łnn Gray ۞ disse...

TÍTULO <3
Adorei o texto :D

Sara. disse...

Que lindo :)

raquel . disse...

e eu adoro este fofinha, está mesmo lindo ! e muito obrigada pela força, tudo acaba por passar (:

Elsa disse...

Não tens de quê (;
Pois, e é muito mau ;s pelo menos podiam dar uma explicação ...

PauloSilva disse...

não precisas de agradecer *

Amêndoa disse...

ADOROOOO meu amor! ADORO!
"Com o tempo e a idade, também nos tornamos expectadores da nossa vida, do lado de fora, do lado de quem vê e não sente."

Emanuela. disse...

obrigado e igualmente! bom texto (: *

Ás de copas disse...

Está um texto magnifico!

Renata disse...

obg (:

adriana disse...

obrigada eu Rute :)

MónicaCosta disse...

Obrigada fofinha ;)
ADOROOOOOOOOOOO ! :DD

Danii disse...

eu sei querida, mas ainda bem que não o fizeste :)

catr disse...

de nada fofinha!

Ás de Copas disse...

Muito, muito, obrigada *.* é muito gratificante ler isso!
Também já tinha imensas saudades do blog, já estava a precisar de voltar a esta rotina boa

Ás de Copas disse...

obrigada, de coração *.*

Danii disse...

não penses, não vai acontecer :)

disse...

Obrigada*

PauloSilva disse...

que querida, :$

Seek Happiness (I give up)❤ disse...

o quê ? tu tens tudo o que é preciso querida. e acho que devias aproveitar isso, o dom que tu, sem dúvida, tens. falta escreveres muito bem ? escreves bem mais que muito bem. acima de tudo, escreves com o coração e isso é o que mais importa (:

francisca cid disse...

Ahah, já nem sei do que é que estávamos a falar. Mas eu tenho razão como é lógiiico!

MónicaCosta disse...

Obrigada fofinha *-*
& de nada ;)

Elsa disse...

pois ;c

Sara Martins disse...

obrigada eu <3

raquel . disse...

o mesmo te digo, podes ter a certeza princesa (':

JoanaSantos disse...

nem tu, com a tua escrita brilhante :)

catr disse...

obrigada fofinha!

♥ marta. disse...

é amor. dizem ser *
gostei :')

♥ marta. disse...

tenho uma dúvida... os textos que colocas entre aspas, és tu que escreves, ou têm autor ? *

JoanaSantos disse...

mas ainda assim existem aquelas pessoas que me odeiam bue e vao meter que nao gostam, e eu acho uma graça descomunal porque nao passa de pirraça xD

JoanaSantos disse...

nao gozes com as pessoinhas pá, nao conseguem melhor tem de ser assim .p

raquel . disse...

nada disso rute (:

Sara. disse...

Obrigada querida <3

♥ marta. disse...

desculpa, não quero q leves a mal é a minha pergunta.. é q quando transcrevem algo, colocam aspas, entendes ? foi só por isso q perguntei :')

JoanaSantos disse...

ja todos tivemos relacionamentos assim xD

francisca cid disse...

Ohhhh, má! :(

francisca cid disse...

Ohhhh :(

Carla disse...

Obrigada ritinha. :)

Isabel disse...

Gostei muito do texto (:
E obrigada.

Carla disse...

Melhores dias virão. :)

AnaM. disse...

bem princesa, este texto está LINDOOOOOOOOO*

AnaM. disse...

está caladinha, está lindooo princesa!

AnaM. disse...

está lindo assim..

DanielaF' disse...

Amei o texto está lindo *.*
estou a seguir. se quiseres passa também
angelwhatever.blogspot.com

Danii disse...

espero que sim minha querida :)

Cate. disse...

adorei

joana disse...

fiquei de boca aberta com este texto,como acontece com quase todos os outros. tens um dom,e acho que já te tinha dito

Nádia disse...

gosto imenso do teu blog :o li os recentes textos e adoooro totalmente.