5.2.11

Sou mais uma no meio de todos vós

NÃO É UM TEXTO, SOMENTE UMA SÍNTESE DE TUDO. OBRIGADA <3, LOGO PUBLICAREI ALGO A SERIO

Acho que chegou a altura de pôr as cartas todas em cima da mesa. Neste caso, as minhas cartas em cimas das vossas leves palmas. 
Já me questionaram vezes sem conta se era eu que escrevia e o porquê de tal coisa. A verdade é que eu não tenho um talento escondido nem resido num local escondido de todos os outros. É por mim e ainda para algumas pessoas de vocês todos que escrevo e vos tento habituar ao melhor que sei e consigo fazer. 
Já levei bastantes chapadas na cara e já me perdi imensas vezes nas artérias de alguma coisa inquietante que naquele estante me fez querer e saber o mais. Além de ouvir muitas criticas ao meu blogue e à minha escrita, que me vem de dentro e retira um pouco de vós todos ainda que seja sem saber, eu vou continuar sempre a escrever, ainda que leve com comentários que desanimem-me. Se vos sigo é porque gosto, e se gosto é porque em todos os vossos textos existe algo mais do que simples palavras e algo mais do que simpatia. 
Nem sempre fui assim e já averiguei bastantes faces da minha pessoa. E querem saber porque comecei com este blogue ? Eu digo-vos... 
Em tempos alguém de uma forma bruta e obscena raptou o meu coração e levou para a mais alta montanha, onde naquele momento, eu não consegui trepar. Era meu e metade de mim deixou de ter a mesma alegria, que em tempos era nitidamente o contrário. O meu eu era tão estético que isso começava a ser tão imperativo em mim como a vontade de respirar e gritar. Escrever ? Para mim nunca fui grande coisa. Se calhar porque via o que escrevia como algo de : nada demais, mas para o que é, serve. Nunca abri o meu coração, como o fiz e ainda faço aqui, neste espaço, onde neste momento é a casa de muitos vós. Conheci pessoas maravilhosas e delicio-me nos vossos exuberantes textos. 
Neste momento exijo de mim mais do que devia, mas por vocês. Porque quero continuar a dar-vos o que merecem e da forma que devem. 
O valor das minhas palavras foram aperfeiçoando-se a medida que o tempo leve e sombrio me levou para um sítio maquiavélico e melancólico. E eu escrevo todos os dias para ele, escrevo sim. Mas sei que, neste momento ele não quer saber e pouco lhe interessa isso, mas um dia todos estes textos e blasfémias que foram ditas no silêncio da sua sombra, lhe serão apresentadas como o meu amor, que em tempos era grande, por tal. Continuarás a seguir o teu caminho, assim como eu consegui até aqui, porque além de tudo carreguei durante um ano a dor de perda no meu coração. Ainda hoje carrego mas de forma minoria. Porque eu amei-te e isso impõe esperar o tempo que for preciso com a chegada de alguém. Quando amámos o tempo que, na realidade é longo, passa a ser tão transparente como uma pessoa nua. Deixa de ordenar o que fazer e o que querer. Quando amámos abraçamos o mundo e a cor com um sorriso fugaz e dá-mos mais de nós do que pedimos. Contámos para todo o mundo e conseguimos ser tão genuínos como quando nascemos. E é esse momento que passa a ser o segundo mais importante da nossa vida, além de tudo o que digamos. 
Quem é que aqui já não sofreu e já não explicitou todos os seus sentimentos monótonos e dores insaciáveis ? Todos. E sabem, é isso que que estes meus 541 seguidores temos em comum. 
Compreender nunca foi a maior qualidade de alguém, porque ninguém sabe o que é sentir o que sentimos naqueles momentos de maior penúria. Eu sinto de forma diferente e tu também, mas além disso algo nos une.
Agora só vos agradeço por todos esses maravilhosos textos que publicam, nem que por vezes seja uma pequena frase. Acreditem que terão muito valor um dia na escrita e que sem dúvidas poderão vir a ser grandes escritores. E desde já agradeço-vos também, por aqueles que todos os dias visitam este meu cantinho e que dizem coisas maravilhosas nos comentários. Isso conta para mim, muito mesmo. E saber que "adoram" ou "amam" tudo o que escrevo é algo mesmo gratificante. Por tudo isso e muito mais é que todos os dias me encontro disponível a comentar-vos e a seguir novos e muitos mais caminhos... 
E é nisto que eu vi um grande amor pela escrita e por um dia, ainda que demore muito, ser escritora. Por sentir verdadeiramente todos os riscos e improvidências que algum dia pensaria em passar.
E mais uma vez vós digo...
é por mim e por vocês

Sara
"sou completamente fanática pelo teu blog, aliás pela tua maravilhosa escrita. noutro dia, na aula de portugues, uns colegas meus falaram do meu blog ao stôr, e sabes qual foi a minha resposta? «sim, adoro escrever, eu e a escrita temos uma grande amizade. é a unica a quem posso desabafar tudo, sem medo de ser traida. por isso escrevo, e tenho blog porque posso partilhar todas as minhas alegrias e dissabores, com outros amantes e amigos da escrita. mas se gostam daquilo que escrevo com pouco talento mas muito amor, indicovos um blog que amo! nao faço a minima ideia da idade dela, deve ter mais ou menos a nossa idade, e nunca vi ninguem escrever assim.» o stor ficou inquietado, e quetionou-me... se ainda nao deu ca um saltinho, deve estar pra breve ;) (juro por tudo que foi mesmo verdade). obrigada por partilhares essas lindas palavras que te envadem a alma."

68 comentários:

joey disse...

GRANDE RUTE, grande Sara!

AnaRita disse...

Ai Rute, podes não acreditar mas vieram-me as lágrimas aos olhos ! A tua escrita tem um poder incrível e posso certamente dizer que o teu blog me dá inspiração por vezes *.*
Continua e nunca desistas dos teus sonhos, meu doce <3

AnaRita disse...

Ora essa, Rute linda <3

Joana disse...

De nada :D
Meu rico Verão *.*

sara disse...

oh meu amor, que linda!
obrigada por tudo (:

Isabel* disse...

mais uma vez, esta lindo *.*
obrigada :)

joey disse...

que saudades, mesmo!

patrícia amado disse...

lindo!

L a u S o f z ' disse...

tão fortes das duas! *.*

L a u S o f z ' disse...

ainda bem querida <3 fico contente :b

Mundinho disse...

Está lindo querida!!! Nunca deixes de escrever, pois escreves lindamente!! beijinho*

catarinacosta disse...

sabe tão bem este tempo assim *-*

Beatriz Cruz disse...

Adorei o texto :))
folow my new blog http://diamonds-and-gold.blogspot.com.

Tânia Monteiro. disse...

faço sim :)

anacarina. disse...

obrigada riqueza (:

Liliana disse...

grande grande grande post

yasmim disse...

não tens quê? omg, não digas isso princesa, tens imenso jeito <3

Liliana disse...

de valor claro, na blogosfera o tamanho não importa

yasmim disse...

acredita que é. tens um talentão que eu adoro *.*

Tânia Monteiro. disse...

mas tenho, é verdade :)

yasmim disse...

acredita em mim !

annie disse...

nem sei que dizer, está lindo e tão verdadeiro. obrigada por este bocadinho :)
e parece que quase toda a gente criou um blogue numa altura em que precisavam de um escape, de partir para outro mundo, o das palavras. são elas, que aos poucos, nos curam. obrigada <3

annie disse...

obrigada por teres dito isto tudo e por estares sempre presente por aqui, com as tuas palavras sempre sinceras :)

Tânia Monteiro. disse...

E ainda bem que assim o é :D

Tânia Monteiro. disse...

Depois quando for mais velha, pareço mais nova :)

Criis disse...

perfeito !

PauloSilva disse...

adorei (:

Elsa Silva disse...

de nada meu doce (:

Inês Lobo disse...

Lindo <3

tua pequena disse...

ainda bem querida. obrigado:)

Elsa Silva disse...

diz minha linda (:

PauloSilva disse...

Até parece que fiz muito :b

łnn ۞ disse...

Obrigada minha linda :)

Isabel disse...

Gostei muito (:
E obrigada.

joana disse...

obrigado querida, e nunca abandones este sítio. já fazes parte do dia-a-dia de muitas pessoas, como eu :')

eu quero muuito ir, tenho é de arranjar alguém para vir comigo. e se a minha prima arranjasse bilhetes grátis como no ano passado, era perfeito mesmo!

Criis disse...

podess crer que ée :)

joana disse...

mal posso esperar pelo cartaz completo *-*

yasmim disse...

então acredita no que te digo <3

joana disse...

eu ainda só falei com a minha mãe, tenho tempo para falar com o meu pai xD

Elsa Silva disse...

óh, que fofa *-*

PauloSilva disse...

que pena ;;

Elsa Silva disse...

a sério, é verdade :b

Criis disse...

tu mereceeees :p

catty disse...

rute, nunca desistas do que queres, vale sempre a pena se trabalhares para isso!
e quanto aos comentários menos agradáveis, ignora. tens centenas de pessoas que te seguem porque gostam do que fazes, e isso é que é realmente importante! muitos parabéns pelo talento e dedicação que tens (:

Elsa Silva disse...

tu és de onde pequerrucha? (L)

Catarina disse...

woow +.+ que lindo
concordo com a Sara ;)

Catarina disse...

Não tens de que princesa.
obrigada eu

PauloSilva disse...

Oh Rute, mas não se trata de comentários, trata-se de contrução deles. Comentas sempre. Todos os posts , não foi isso que pus em causa.. bem, esquece.

M A R I S A ' disse...

Olha adorei isto, está lindo :)
Parabéns Rute*

Danii disse...

Também só a encontrei ontem :p
Que grande texto Rute, gostei $:

PauloSilva disse...

Já chega.

Al* disse...

sempre que procuro um apoio .. venho ao teu blog;
sempre que me apetece sorrir com coisas simples sobre o amor .. venho ao teu blog;
sempre que me sinto magoada e nao consigo expressar -me .. venho ao teu blog;
desde que te sigo que anseio por um post teu , nao sei o que fazes realmente com as palavras, nao sei mesmo, mas sei que me confortam. tenho blog, nao sei realmente escrever mas adoro partilhar o que sinto; sou melhor a ler os outros do que a escrever .. e acredita que adoro ler-te. tu e muitos mais que tem o talento de escrever tãao bem, mas tu .. sei lá, tu transpareces que o fazes naturalmente, que nao forças textos, sentimentos. isto ta a ficar grande .. mas achei que precisas de saber mais ou menos o que sinto quando leio os teus textos. mais ou menos, porque nao sei realmente expressar -me . nao ha palavras que cheguem.

Kiss, Kiss
Al*

Moreira disse...

Li com muita atenção o texto e concordo ctg, escrever é desabafar sem medo de opinioes e disabores, pois é algo que vem de nos para que os outros possam por vezes sentir o mesmo que nós,mesmo na altura não estarem a passar as mesmas situações.Com a leitura aprendemos novas coisas, situações que um dia poderemos passar e podemos tomar algumas coisas como apredizagens, eu já aprendi no teu blog ;)

Continua as minhas palavras sinceras sempre terás ;)

AnaRita disse...

Minha querida, infelizmente é o que sinto

Al* disse...

Sim, sei . Sei que posso contar com os teus lindos textos *.*

Daniela disse...

Obrigadaa <3

MónicaCosta disse...

Li o texto e é incrivelmente lindo! Sabes bem como te expressar, sabes bem como mostrar o que vem de dentro de ti! Uaau rapariga, tens muito talento mesmo! beijinho **

Filipa disse...

Tu realmente escreves muito bem e este é um dos blogues a que venho mais vezes e não venho cá em vão, mas leio tudo do principio ao fim e tento-me por sempre no teu lugar.
Acho que se há alguem que escreve mesmo bem és tu e todos esses comentários que recebes que te deixam desanimada são nada mais nada menos que inveja.

*Adoro o blog :)

Carina Alexandra disse...

obrigada querida. lindo, mesmo! *.*

Elsa Silva disse...

Braga (:

Danii disse...

És tão querida! $:
Um dia vais ser uma grande escritora, tenho a certeza :) <3

catia gonçalves disse...

vou levar o teu selo (:

Sara Martins disse...

oh princesa, que reflexão linda* gostei muito e parabéns pela tua escrita mais uma vez e pelo tantos seguidores. <3

Joana Villacampa disse...

Visito o teu blogue todos os dias, nem sempre deixo cá uma marca, mas leio tudo aquilo que escreves. Penso que é a página que mais visito, vê só. Encontro-me tanta vez aqui que como tu dizes, fiz disto a minha 'casa'. E obrigada, por escreveres e nunca parares.

Ana Catarina disse...

E eu espero continuar a deliciar-me com os teus lindos textos, tens imenso jeito. Bela reflexão (: Beijinhos, Rute

poesias maria do carmo disse...

COMO SEMPRE,FANTÁSTICO,PARABÉNS,BJOS.

rita disse...

grande post sem dúvidaa *-*

bárbara nunes disse...

amo mesmo o teu blog, omg!