17.12.10

The simplest

Eu poderia perfeitamente colar e juntar as peças do meu coração todas, mas que piada teria isso ? Sei perfeitamente onde se encontra cada fractura e queria que, por incrível que pareça, alguém pegasse em todos os cacos com cuidado e os refizesse. Haveria de haver expressão e química com o que fizera, porque se assim não fosse, nada seria sentido. Sentir que cada vez mais estamos longe da pessoa que todos os dias procuramos afim é completamente triste. E pior que isso é sentir um grande espaço dentro de nós e querer viver o que já passou ou então, o que não conseguimos. Existe sempre a necessidade de partilhar algo de novo com essa pessoa. Mas o nosso orgulho, na maioria das vezes, é malvado o que faz com que não fassemos nada, somente esperar. E esperar sem lutar, é como ganhar o coração de alguém sem amar. 
E depois da espera vem a desilusão porque contudo, ainda temos de esperar e esperar muito mais. Ainda sentimos os ventos frios e não alcançamos com o olhar a primavera. E com isto, a vida continua a separar muitos amores que, na maioria das vezes, são sentidos e vividos de formas únicas. Não extravagantes, porque no amor o que for mais humilde é melhor. O amor não escolhe posses, dinheiro, clichés e performance. Prefere o sujo, a normalidade e o pouco. 
Depois vem o sono, a hora de deixarmos o nosso corpo morto e repousar. Fica assim ele indefesso e desprotegido durante algumas horas, e é nessa altura que o medo entra por uma janela aberta numa noite de Verão ou somente pela brecha da porta que é desolada. O nosso corpo estremece e a nossa alma é invadida. Pensámos e temos pesadelos com coisas que, devo eu dizer, são imaginação mas que contudo mais tarde tomam um chá e decidem habitar em nós. Persistem e nós pensámos e repensámos. Tornámos - nos paranóicos e a doença surge. E no fim para onde vai o amor ? Esse encontra - se da outra margem do rio com um pequeno lenço branco a acenar. 
Inventado

71 comentários:

Ruben Lopes disse...

Isso não me preocupa :x

danó disse...

fantástico !

adoro a tua músicaaa :$

simple writer disse...

oh ainda bem :)
e como gostei deste :p

Ruben Lopes disse...

E não só.
Só tu mo podes dizer Ru (:

AnaM. disse...

muito obrigada meu amor*

person. disse...

pois não sei o que devo fazer.
escreves tão bem :)

PauloMitchell disse...

Acredita que estou habituadíssimo :x <3

Dani disse...

sem duvida querida :)

Ruben Lopes disse...

Ficamos ambos na ignorância xD

danó disse...

Obrigada amor ,
igualmente :)

PauloMitchell disse...

A vida é tão sem-graça :x

- FranciscaCid disse...

Thank you, gosto :D

hayley bellamy disse...

n sou a serio :(

Jú S disse...

"E esperar sem lutar, é como ganhar o coração sem amar.", que frase tão sábia meu bem *.*

Cátia Isabel disse...

Gostei muito*

hayley bellamy disse...

até parece rute :o

Jú S disse...

Esta semana tem sido complicada para mim e para a minha mãe, temos discutido bastante (mais que o habitual)... e eu vivo só com ela, e sei que ela faz tudo o que pode para me dar o melhor! E agradeço-o do fundo do coração mesmo, mas também exige muito de mim e põe muitas expectativas naquilo que faço, e diz-me isso na cara quando discutimos. No fundo, diz que quer ser 'recompensada' com o meu sucesso por aquilo que faz por mim, e eu fico com medo de falhar! Tenho medo que não seja a filha que ela quer, que não faça com que ela sinta que valeu a pena lutar por mim :/

Vává disse...

obrigada querida (:
fantástico o texto.
apesar de inventado , tem de haver aí um sentimento teu por detrás desse texto senão o teu coração não pedia para que o escrevesses.

Maggs disse...

adorei ! $:

lá love disse...

obrigada querida!
gosto muito **

alexandrapinto disse...

obrigada mesmo *.*

Vává disse...

acredita que tem querida, mas está muito bom mesmo.
eu tenho reparado que ultimamente os teus textos têm sido todos inventados (:

Jú S disse...

Exactamente, ela também faz isso comigo.
Eu sei disso, e sei que quando ela se acalmar até é capaz de me pedir desculpa pelo que disse... Mas, mesmo assim, às vezes é difícil superar este medo. mas tenho a certeza que o farei, e sim, vai fazer-me crescer imenso, como já tem feito.
E obrigada meu anjo <3

Vává disse...

e fazes bem (:
tu és uma pessoa que lê bastante, não és ?

Jú S disse...

Ohh, porque é que dizes isso?

Vává disse...

porque tens uma escrita, uma forma de expressar que dá a leve sensação de que lês imenso.

Jú S disse...

Oh, tu é que és uma querida! <3

alexandrapinto disse...

Obrigada mais uma vez :$

Vává disse...

escreves mesmo bem , estás de parabéns (:

Jú S disse...

Espero que sim :D

Vává disse...

mas isso é óptimo , é sinal que te sai naturalmente , não é nada forçado nem pensado (:
beijinhos e continua.

lá love disse...

são mesmo lindos :) **

Jú S disse...

Porque tu o dizes, eu acredito meu amor *.*
e obrigada, por tudo

Jú S disse...

Eu sei meu bem! E espero que saibas que eu também, para o que for preciso!

hayley bellamy disse...

sou nda :/

Jú S disse...

não preciso de nada disso, sabes bem

hayley bellamy disse...

vai ver ao facebook :pp

Tânia Gil disse...

obrigada :) para ti também, se for esse o caso.
gostei do teu blog *

filipa margato disse...

muito obrigada querida (:

Lara disse...

Já estou melhor, aquilo era só a fúria do principio, descrita em palavras. Com todos os apoios recupero rapidamente! Obrigada :)

Lara disse...

obrigadaa :)

filipa margato disse...

mas ainda bem que gostas querida *.*

filipa margato disse...

que linda querida *.*

filipa margato disse...

ainda bem que ainda há pessoas como tu querida (:

filipa margato disse...

mereço ? :$
porque querida ?

filipa margato disse...

claro que aceitei, porque não havia de o ter feito ?

filipa margato disse...

isso é verdade querida (:

filipa margato disse...

já reparei nisso e não é de agora :x

filipa margato disse...

como me compreendes :$

filipa margato disse...

ainda bem que há alguém assim :$

Rita Guimarães disse...

Adorei Rita *.*

filipa margato disse...

oh :$

marta disse...

obrigada querida.

ADOROOOOOOOOOOO!

jo disse...

rute acredita, os teus textos sao magia.

Daniela Tavares disse...

Obrigada.
E sabes, talvez um dia alguém cole esses pedaços de coração, alguém ocupe esse espaço. Mas até eu sinto tal: parece que queremos preencher aqueles espaços de ausência e - malditos sejamos - os piores a não avançar contra tal somos nós, uns fracos. s:
Go. :)

Maria Inês disse...

«...pior que isso é sentir um grande espaço dentro de nós é querer viver (...) o que não conseguimos.» identifico-me sobretudo com isto ...

Tamires Buliki. disse...

Nem sempre... :/

Daniela disse...

Não vale a pena demonstrar o meu agrado perante os teus testes. O sorriso no meu olhar é mais que evidente :)

Cynthia Brito disse...

oh , MUITO fofo seu texto, querida ;)

Há um selinho para ti em meu blog , bjo :D
http://cynthiadayanne.blogspot.com/p/selos_07.html

Zeny Vic disse...

que bonito post :)

onemorewriter disse...

lindo, lindo, lindo ! incrível este teu dom com as palavras (:

joey disse...

amor, foste tu que me mandaste msg para o 91?
vem a net, quando vires este comment, tenho novidades!

PauloMitchell disse...

Obrigado Rute :)

Neuza disse...

está lindo!

NiSousa disse...

Está muito bonito.
E gosto muito da música (:

joey disse...

muita coisa mesmo, amor!

PauloSilva disse...

Pronto, pronto :*

Maggs disse...

não tens de agradecer :)

SP disse...

Acho que toda a gente gostava de o ser. Meu deus este texto deixou-me tão... de boca aberta :o
Está lindo: " O amor não escolhe posses, dinheiro, clichés e performance. Prefere o sujo, a normalidade e o pouco" Adorei *.*

mariana silva. disse...

este texto deixou-me... sem palavras . $:

Joana Villacampa disse...

super profundo