8.10.10

It was 5 o'clock

« Sempre me designaste com sendo uma pessoa forte e que lutava sempre por tudo o que queria. Sendo sincera, eu percebia essa tua designação. Discretamente chamavas - me ambiciosa, mas também se é bom ser assim, eu acho, e não me importava nada. Muita gente já me tinha avisado do quanto perigoso era o amor, e o quanto envolvente seria se fosse intenso. Responderia sempre que nunca iria cair nisso, mas menti. Não fui forte o suficiente para te empurrar para fora da minha vida, e pior que isso, não fui capaz de ser independente de ti. Vivia todos os dias com a certeza de receber uma pequena chamada tua, nem que fosse uma simples mensagem. Erro ! Isso nunca chagava até mim, às vezes ainda pensava que estavas ocupado, ou cansado. Pronto vá, arranjava desculpas para a tua ausência, quando na verdade sabia perfeitamente que tu não querias. Pronto, não te apetecia. Deixei - me cair nessa tua teia sedosa e envolvente. Quanta sensualidade traduzes em tudo o que fazes, e esse teu corpo musculado que eu tanto desejo. Sabia muito bem, que eras casado, e sabia que o que estava a fazer era um tremendo erro, mas envolvi - me até ao pescoço, já só conseguia respirar e pouca força tinha para pedir ajuda para sair deste grande problema, mas por outro lado não me conseguia afastar de ti, e ansiava - te a todo o momento, não só em prazer mas também em amor. Porque, por tudo o que tu fosses, o teu amor reconfortava - me e eu gostava disso. Gostava de me sentir protegida em teus braços envolventes e gostava de me sentir amada, em todos os nossos momentos de prazer. Pouco tinha a atirar - te à cara, eras espantoso em tudo o que me davas. Mas eu não podia, não desculpa. Quem não podia eras tu, porque era eu que me preocupava ? Pois, talvez porque eu não queria ser conhecida somente como a 'amante', mas sim como a 'sua mulher', mas sabia que era quase impossível. Eu era livre, ou melhor quase livre, porque ainda me continuava a mentalizar que era só tua, mas que grande parva ! Até que chegou o teu dia e o dela. Partis - te, e nem te despediste daquela que te amou durante anos, nem um simples adeus. Sabes o quanto isso doeu ? Não, não sabes, mas o meu extraordinário é que me tiveras dito à dias que provavelmente, muito provavelmente, te irias arrepender dessa escolha, mas que agora, era a melhor. Mas, como é que uma pessoa caí de pé firme no chão, quando sabe que momentos depois irá morrer a estabilidade do chão ? »
Inventado (:

69 comentários:

simple writer disse...

que texto *-*

annie disse...

uau, adorei rute (:

DF ॐ disse...

menino novo :p , opáh que queridos. Eu acho muito bem mesmo *-*

Sara disse...

oh pa ito, tao lindo *.*
COMO OS MEUS? os teus sao melhores :)

Mafs disse...

Sabes querida, eles muitas vezes não veem ou não querem ver, ás vezes é mais fácil para nós até fecharmos os olhos ao que não queremos ver e eles não são diferentes de nós, mas sim são mais "fracos" não enfrentam tudo como deviam enfrentar, e talvez seja disso que tenhas medo que mesmo que ele perceba que gostas dele e não mostra que o sabe, tenha medo ou não queira enfrentar tudo isso, porque tudo tem as suas consequências. ele tem namorada querida ? beijinho fofinha e ainda bemq ue estou a ajudar, é o que quero (':

ana moura disse...

sim amor*

Isabel disse...

Obrigada eu querida (:

Mafs disse...

Estou ? :$ querida és tu (': então nada te impede de ser mais explicita em relação ao que sentes, sê mais evidente não tens nada a perder, podes é ganhar :D

ana moura disse...

sim, obrigada*

Isabel disse...

A querida a falar *.*

Mafs disse...

Mas ás vezes temos que arriscar, mesmo que exista a hipotese de sofrermos com isso, até porque mais vale sofrermos porque tentamos do que ficarmos a pensar se não seria diferente ou se não teria valido apena se tivessemos tentado, é a minha maneira de ver as coisas querida, eu pelo menos prefiro sempre tentar do que nem sequer experimentar, prefiro arrepender-me de algo que fiz de alguma atitude que tomei do que alguma que não tomei ou de algo que não fiz, porque com ambas podemos sofrer, aliás com tudo o que nos rodeia podemos sofrer. mesmo que te magoes ao menos tiras uma lição da decisão que tomas-te fofinha (': mas pensa sempre positivo, e não negativo, e claro depende da pessoa e da personalidade de cada um, daí apenas te caber a ti decidir é apenas a minha opinião, e terás a minha força para qual seja a atitude e decisão que tomares :'D

Sara disse...

nao comparo senao sinto-me inferior :b

Isabel disse...

Tontinha x)

Ana Luísa disse...

lindo, mais uma vez

Sara disse...

nada mesmo! e sabes bem que tenho razao :D

Filipa disse...

' Obrigada meu doce :)
que texto lindo *.*

SR disse...

Pois é coração. Que texto mais lindo meu bem :)

Filipa disse...

' sabes que é sincero :$

filipa alves disse...

eu vou pra la xD viver devido à minha carreira da moda.

Marta disse...

vai ter de ser !

Cinda disse...

Pode ser inventado mas adorei (: Está cheio de sentimento, parabéns!

danó disse...

Que textozãããão amor !

Adoro a foto da Katy *-*

Sôw. disse...

obrigada qerida $:

Filipa disse...

' ainda bem que já sabes como sou :$

Maggs disse...

obrigada querida ! :')

Marta disse...

obrigada por acreditares que sim!

Gabriela Marques disse...

Adorei o texto que você escreveu, muitas vezes amamos as pessoas erradas, fazemos de tudo para que essa pessoa seja feliz ao nosso lado, mas às vezes elas só querem se divertir e passar o tempo.
Amei mesmo o texto, parabéns.
Beijos! :*

Marta disse...

e eu agradeço-te ainda mais por isso (:

Catarina disse...

obrigada .

Filipa disse...

' porque dizes isso ? :$

ana cristina disse...

woooooow que lindooo :')

Cinda disse...

De nada linda, obrigada eu pelo apoio minha querida :D

Marta disse...

ooh és mesmo amorosa, acredita $:

danó disse...

de nada amoor :)

Filipa disse...

' sim querida :$

Jane disse...

Perfect!

Filipa disse...

' não sou nada :$
é só simpatia tua :$

joey disse...

adorei, para variar :b

ritt disse...

sao as minhas unhas sim...

Catarina Bessa disse...

Tão maravilhoso *.*

DF ॐ disse...

mas assim é que eu te quero, tolinha mas bem :D

Sara disse...

escrevo apenas com a alma $:

rita disse...

obrigado :D

rita disse...

obrigado :D

Filipa disse...

' não sou nada :$

ritt disse...

obrigada! gostas das cores? :)

Catarina Bessa disse...

Obrigada eu (:

Marta disse...

todas merecemos. tu também e muito!

DF ॐ disse...

então porquÊ? não gostas dele?

Filipa disse...

não sou mesmo :$

ana cristina disse...

não tens nada que agradecer querida :')

Marta disse...

não tens nada que agradecer!

Jane disse...

Os teus texts são lindos!
Mas o que tem os meus diálogos? Não gostas?

Filipa disse...

' :$
isso é mesmo só simpatia tua

łnn ۞ disse...

Podes crer com aquele homem a diverção é garantida xDD

DF ॐ disse...

sim não chega mas já é um começo (:
não queiras ir com pressa, isso só estraga uma relação. falo por experiencia própria.

Sue disse...

asério que sim.
:$ oh, obrigada

Cinda disse...

Ainda bem querida (:

Jane disse...

Ahhhhhhhhhhhhhh okay fofinha! Obrigada, mesmo - Sorri p'ra o erã!

DF ॐ disse...

ele ..
conta-me e explica-me tudo.

silenciodosegredo disse...

obrigada a serio, quero mostrar aquilo que eu realmente gosto, mesmo nao tendo jeito nenhum

Francisca Cochofel disse...

és um amoooooor

Ana M. disse...

obrigada querida :'D

Diana disse...

tenta numa fez mal nem a ti nem a mim nm a ninguém , as coisas já estão mal e ao tentares podes melhorar.

Carla disse...

U-A-U :O

Eu, ΞĐU disse...

Olá, RuteRita...
Navegando pela internet, me deparei com seu Blog.
Muito bom mesmo... Parabéns!
Queria só de cumprimentar mesmo pelo trabalho, suas idéias e seu bom gosto...
Estou te seguindo.
Saudações,
EDU (http://edurjedu.blogspot.com)

Joana Carvalho disse...

aquela foto do post nao somos nós:o

mas obrigada *.*

Sara Santos disse...

E que bela invenção Rute :)

Ana Silva disse...

Está lindo, como sempre :D