5.9.10

Say goodbye for the last time, says



Vaguea sozinha pela sua casa. Olha para cada parede, foto e até mesmo compartimento da casa, como se cada um lhe trouxesse uma recordação diferente dele. A verdade, é que trazia. Cada um tinha a sua história e ela odiava revivê - las, ainda por cima sozinha. Odiava imaginar o amor que teve e que deu, e que agora nunca mais irá receber. Ela ainda ía para a janela e ficava horas e horas ver se o carro dele passava, ou até mesmo se ele vinha a pé. Nunca acontecia, e ela deixou de acreditar. E agora também não aconteceu, mas ela ainda ía na mesma, tinha - se tornado rotina, acordar, tomar banho de água fria, e ficar junto à janela. As pessoas que diariamente passavam por lá, já a conheciam e começara a lançar - lhe um sorriso, e ela retribuía. Sorriso essa forçado. Era inevitável, ele não lhe saia da cabeça. Aquele seu rosto moreno, e aquela sua pele suave, aquele seu sorriso brilhante. Mesmo não gostando tinha de viver constantemente na sombra dele. Sombra essa que cometia muitos erros, e ela (...) ela via, e ela (...) ela chorava e sofria para dentro.
Começas-te a errar até mesmo com a tua própria sombra. Azar o dela que via sempre tudo, e seu coração machucava. E um coração machucado e uma alma deteriorada, é pior que um amor inacabado.

42 comentários:

catraia disse...

oh, não é assim tão difícil de andar! só tens de equilibrar o corpo para o lado que queres virar ou então mesmo numa recta, quando o skate começar a ir muito para um lado, basta equilibrares o corpo para o lado contrário que ele endireita logo. é simples!

catraia disse...

oh, nada disso. só ando desde quarta e ontem nem andei... é só uma questão de perceber como aquilo funciona

catraia disse...

estás à espera de quê para experimentar?

catraia disse...

oh e ninguém precisa de ver! arranjas um skate e vais tentando sozinha num sítio onde tenha pouca gente, ou mesmo nenhuma.

Cátia disse...

Lindo :) sabe bem quando olhamos para algum sitio e vem uma recordação à cabeça mas se estivermos sozinhas magoa pensar em tudo o que já fizemos por alguém

joey disse...

LINDO!

Bernardo disse...

:D

Cátia disse...

tens é de ser forte :D e sei que consegues !

joey disse...

de nada $:

Catarina Santos disse...

Gostei.

catraia disse...

calças apertadinhas e tal, muito preto, vans/all stars e por aí fora?

Alison disse...

Lindo (:

Mélancclie disse...

Está lindo (:

Cátia disse...

acredita em ti :)

Alison disse...

Pois...

catraia disse...

é como me visto :) mas não desde que ando de skate, é desde sempre basicamente.

catraia disse...

eu tenho vans e all stars x) é o que mais uso

joanabogalho disse...

ohhhhh, está lindo amor $:

Cátiia Bandeira disse...

Perfeito ! +.+

Moreira disse...

Apesar de magoar as recordações, temosq ue passar por essas fases para esquecer, para colocar o que por ventura não estaria "arrumado". Apesar de custar, o melhor pensamento e sentimento que podemos ter, é que iremos esquecer, e que iremos ficar mais fortes... ;)

Moreira disse...

O melhor pensamto que podemos ter é que custa, mas iremos "arrumar" o que por ventura não esteja, e o melhor sentimento é que iremos ficar mais fortes... ;) força

AnaRi disse...

Que lindooo *-*
Esses teus textos !

De nada minha querida :3
Mencionei o teu nome em um selo, mas podes levar os 3. Não sei se já tens algum, estás a vontade (:

Pipinha Alves disse...

sinto tanta falta dele :(

Catarina disse...

é de um filme muito fofo, o wall-e :)

Pi* disse...

oh obrigada linda*

Cátia Mourisca disse...

Lindo Rute!

Margarida Coelho disse...

Adorei o texto e adoro a música

s. disse...

amei este! para não variara ;p
adoro os teus posts *

~ @ Ap ♥ disse...

A música que tens no blog, que saudades *-*
Já não ouvia à tanto tempo...

annie disse...

gostei mesmo :)

● mf ● disse...

mas tu como tas amor ? *-*
que belo o;

Nitinha disse...

Adorei mesmo*

catraia disse...

eu é só disto mesmo xD

DF ॐ disse...

é o habitual, depois tornaram-se grandes amigas :')
não tenho tempo para ler o textinho agr mas prometo que depois venho ler :') beijinho *

Gabriela Marques disse...

Amores inacabados são sempre díficeis de superar, pois você fica pensando no que poderia ter sido ou como teria terminado e então terminamos com o coração partido e com a alma aos pedaços.

O texto ficou lindo, parabéns. Beijo! :*

Margarida C' disse...

" E um coração machucado e uma alma deteriorada, é pior do que um amor inacabado" - Gostei imensoo :)
Beijinho

Déborah Simões disse...

que lindo...
muito lindo...
amei...

silenciodosegredo disse...

lindooo :o

L' disse...

Lindíssimo *.*

Victor Bicarato disse...

Gosto bastante, vou seguir (:

jo disse...

eu adorei!

DF ॐ disse...

mais uma vez uma pequena história brilhante :')
concordo principalmente com o parágrafo a negrito :D