3.8.10

Acham Normal ?


Sinto que te necessito cada vez mais, acima de qualquer outra coisa. E como é que eu faço, quando está tudo escuro e eu tento lutar por entre a multidão pela tua atenção? Sabes, fazias - me bem, enquanto estavas comigo, enquanto me davas a tua atenção e enquanto sabias ser como mais ninguém.
Prefiro que me mates com o teu olhar, que me sufoques com as tuas palavras, do que não te ter! Sinto que é uma grande necessidade minha. Não por um momento, não por um tempo, mas sim para a eternidade! Sangue fervoroso quando não te tenho, dor no peito quando te afastas, tonturas quando me sinto sem ti... não sei o que se passa comigo, ao inicio nem passavas de um banal rapaz simpático! E agora? Ficas on e eu sinto cocegas na barriga, fico envergonhada nem sei pelo quê. Mas isto é normal? Às vezes preferia nem ter sentimentos, às vezes são eles que nos magoam mais. Porque é que vou contra as pessoas, empurro - as, só para ter um bocado de ti? Sinceramente, isto é tão absurdo ! Eu preciso de saber se tu estás aí, se estás a ouvir tudo o que te estou a tentar transmitir a partir de sei lá o que ! Eu não gosto de ti, não dessa maneira, e eu sei isso, mas desculpem lá, mas este meu comportamento é completamente difícil de entender! Não sei, mas com a morte de António Feio, e com aquilo dele dizer que nunca deveríamos deixar nada por dizer, eu fiquei assim. E se eu amanhã parto e não te disse tudo o que deveria dizer? Mas por outro lado, assombra - me o facto de tu ires gozar comigo... Eu não tenho tanta atitude quanto a que queria ter, mas eu sei que neste momento é dela que eu mais preciso. 'Nunca deixem nada por dizer' marcou - me mesmo!
E eu estou para aqui a escrever isto sem motivo nenhum, está comprovado de vez que estou a ficar passada da cabeça! Sim se já dizem que eu sinto as coisas de outra forma, agora vão dizer que estou MALUCA! Mas não estou, eu sinto necessidade de ti, por incrível que pareça.

'Nunca deixem nada por dizer'

Obrigada António Feio, fizeste - me conseguir dizer uma coisa, que nem eu sabia.

Se gosto de ti ? DEMAIS

Não sei o que se passou comigo :s Sem dúvida eu não sou normal :x

34 comentários:

annie disse...

és normal sim, é perfeitamente natural quereres transmitir aquilo que sentes. força rute *

annie disse...

todos nós temos momentos assim, em que a nossa cabeça anda à roda e não sabemos mais o que sentimos ou o que queremos. mas depois isso melhora, dá-nos uma luz e percebemos. isso vai acontecer, vais ver *

Jinii pinto ♥ disse...

obrigada , ainda bem que gostas-te :)
amei o texto *-*

Beatriz Cruz disse...

Olá, por favor vai a:
http://www.ocabelomaissexy.com/?guid=14b96b92-7b90-444c-9e02-bf0646a61f7e#/galeria
e vota em Beatriz Cruz, não custa nada :D
Obrigada, beijinhos.

Daniela disse...

mais uma vez, muito obrigado, Rutinha *-*

- Silvia ♔ disse...

Adorei, lindo mesmo!

Amêndoa disse...

hmm, então secalhar eu vejo a janela do teu quarto daqui ahah

Amêndoa disse...

tás a ver aquele prédio amarelo ao pé do campo da tourada que teve uma explusão devido a uma fuga de gás à pouco tempo?

Amêndoa disse...

é nesse mesmo (:

annie disse...

eu vou continuar a manter o segredos de amigos imaginarios, estou muito apegada a ele. mas estava a pensar criar mais um, diferente :)
talvez apenas com fotografias, minhas e não só.

annie disse...

ohh, és uma querida.
ainda bem, é bom saber que vou ter seguidores :)

Ritinha disse...

realista :)

Hattie Carroll ♥ disse...

força ***

Amêndoa disse...

claro que sim... já venho p'ra cá à uns aninhos, já não é nada novo para mim xb

Marilena' disse...

Está tão bonito !

sofia disse...

gostei (:

danó disse...

«E agora? Ficas on e eu sinto cocegas na barriga, fico envergonhada nem sei pelo quê.»

aii eu sei taão bem o que é isso querida :$

Catarina Santos disse...

Selinho para ti no meu blog!

Catarina disse...

Eu gostei imenso (:

Catarina disse...

Não agradeças. O mérito é todo teu, sabes bem (:

(Tenho andado ausente)

Catarina disse...

Vim para o Alentejo, a net aqui é escassa --' Há uns dias escrevi outro texto com a minha amiga (aquela com quem costumo escrever) mas ainda não juntámos as partes, e a minha parte nem está nada de geito. Enfim... Não se pode ter tudo. :p

Catarina disse...

ahah, obrigada, mas eu não acho que escrevo assim tão bem. Acho é, que escusado será de dizer que tu sim escreves realmente muitíssimo bem. (:

Catarina disse...

Ýh és lindona :o

sofia disse...

o teu é bem melhor (:
vou seguir ;b

sofia disse...

claro que sim (:
e escreves super bem, querida *

Moreira disse...

Por mais que custe...por mais que provoque magoa...nunca deixes de dizer o que sentes e pensas...isso é uma virtude sabias?por isso nao a Despredisses...usa-a pela vida fora...sempre de cabeça levantada... ;) gostei vou seguir...

sofia disse...

obrigada (:
ainda bem que gostaste *

biazinha disse...

A partir de um certo momento também fiquei mais "alerta" quando vi que amanhã podia ser tarde para dizer as coisas :x

Ritinha disse...

está tão lindo *.*

Ritinha disse...

para mim é um filme perfeito, é mesmo :)

Ritinha disse...

ainda bem que concordas :)

- Carla disse...

por vezes também (:
amei este *.*

Catarina disse...

obrigada. adorei este texto.
já te estou a seguir também :)

m. disse...

nada do que escrevemos é escrito sem sentido . se fosse , não o escreveríamos . e se o escreveste , é porque tinhas realmente algo guardado que precisava de sair . todos nós deveriamos seguir o conselho desse grande senhor , tal como tu fizeste , e bem . tenha ou não sentido mais tarde , teve no momento em que o escreveste , e isso é o mais importante .
ainda que seja demasiado fácil dizê-lo assim , não devemos mesmo deixar nada por dizer .