25.6.10

Noite


A noite está linda... Entre o céu cheio de pequenos pontos cintilantes, ouço pequenos murmurinhos de vidas... Seres libertados nesta grande rotina. Seres tão pequenos, num mundo imensamente enorme.
A noite sim. Ela é perfeitamente e irreversivelmente linda. Sempre pronta a acolher mais um... Os grandes filhos da meia noite ! E durante o seu pequeno período de tempo diário, mais nada interessa. Afinal , é a nossa própria vida que nós queremos aproveitar no momento, é o nosso próprio ser que nós queremos dar a entender no meio da multidão.
E eu gosto. Gosto da noite, do escuro que ela transmite e ao mesmo tempo da calma... E eu sei. Eu sei que isto tudo é diário, mas o que vivemos em cada noite é único... Nunca nada mais se repete da mesma forma.
E também gosto dela, pelas recordações que me envia... do passado, da minha infância... os melhores momentos da minha vida !
Ela é tão mágica, e tão segura... Nela estão escondidas as mais variadas pessoas... A partir dos mais rufias até aos mais elegantes. E ela... ela admite - os a todos ! Ela não excrimina... E, não só por isto (mas também) , que todos nos sentimos livres nela.
A noite é uma grande imensidão que esconde os mais valiosos segredos...

'Podemos querer fugir de tudo e todos, mas a única coisa que nos consegue sempre entrar por uma janela a dentro, ou uma rua, é a nossa querida noite. Vivemos - la com uma paixão... A noite, é a grande casa de todos...'

7 comentários:

ALEXANDRA BARROS disse...

sim, é verdade :'x
o texto está muito bonito, parabéns :)

dannó disse...

É incrivel como tu descreves tudo tão bem +.+

dannó disse...

Não digas isso, tu escreves muito bem, e nunca penses em deixar de escrever ! :x

dannó disse...

Ohh .
Obrigada :$

Gabriela disse...

É verdade, é tudo uma questão de tempo, e obrigado pelas tuas palavrinhas :3
Adorei este post *.*

Diana Teixeira ! disse...

aiie que perfeito , :o .
- ainda bem que gostas , :$ .

Gabriela disse...

Obrigado eu :b